Skip to content
ABRAÇAMOS A COMUNIDADE

Apoiamos e juntamo-nos a iniciativas que adicionem valor para as comunidades onde estamos inseridos.
  • Partilhar
  • Ouvir

Iniciativas Sociais

Estabelecemos parcerias com várias instituições no sentido de identificar e responder aos desafios dos países onde desenvolvemos negócios.

Promoção da Alimentação e de Estilos de Vida Saudáveis

Na Polónia, a Biedronka apoia o programa Zielona Kraina (Terra Verde) em colaboração com a Green Factory (fornecedor de produtos de 4.ª gama), contando também com a participação do Instytut Żywności i Żywienia (Instituto de Alimentação e Nutrição Polaco). Em alinhamento com os programas escolares e padrões alimentares recomendados por especialistas, esta iniciativa pretende educar as crianças sobre hábitos de alimentação saudáveis. Desde 2015, já foram abrangidas 496 escolas e mais de 30.000 professores e alunos provenientes de 30 cidades.

Em Portugal, colaboramos, desde 2016, com o programa Alimentação Saudável e Sustentável das Eco-Escolas, promovido pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, visando sensibilizar os alunos das escolas participantes para temas como a alimentação, a nutrição e a sustentabilidade da produção agro-alimentar. No âmbito deste projecto, alunos de vários escalões académicos, desde creches e jardins de infância a escolas básicas, secundárias e profissionais, os alunos submetem trabalhos que respondam a desafios como a monitorização de aspectos de nutrição e segurança alimentar nas cantinas, a criação de peças de comunicação sobre a composição dos alimentos e informação sobre a sustentabilidade das espécies de pescado e os benefícios nutricionais do seu consumo e, finalmente, a confecção de ementas completas com ingredientes locais e sazonais. O Grupo apoia a aquisição de bens alimentares, as ofertas financeiras às equipas participantes e os prémios às escolas vencedoras, que incluíram, entre outros, fornos solares.

Com o objectivo de promover estilos de vida saudável, o Pingo Doce associa-se, desde 2017, ao World Bike Tour, um evento que conta com cerca de 4.000 cicloturistas na cidade de Lisboa. Para além da entrega de mochilas aos participantes com produtos alimentares de Marca Própria, são ainda distribuídas bebidas naturais aromatizadas com fruta fresca no local de levantamento dos kits para a prova.

O Pingo Doce e a CUF (José de Mello Saúde) lançaram um programa nacional de sensibilização sobre o consumo excessivo de sal: o “Menos Sal Portugal”. No âmbito desta iniciativa foi desenvolvido um estudo científico inédito em Portugal, que procurou fazer uma avaliação e medição rigorosas à população sobre o consumo de sal e as suas consequências directas na saúde.

Durante 12 semanas, 311 voluntários participaram num projecto destinado a educar para um menor consumo de sal e para a adopção de um estilo de vida mais saudável, com os participantes a serem acompanhados por nutricionistas e outros profissionais de saúde. O estudo ReEducar (Reeducação para uma alimentação saudável) foi pensado para obter dados científicos que permitissem avaliar de que forma é que uma menor ingestão de sal, em simultâneo com a adopção de estilos de vida saudáveis, permite reduzir a pressão arterial e o risco de doenças cardiovasculares, diminuindo a probabilidade de enfarte ou acidente vascular cerebral (AVC). Os voluntários que completaram o programa mostraram melhorias consideradas significativas ao nível da redução da sua pressão arterial, apenas através da redução da ingestão de sal no plano alimentar e de hábitos mais saudáveis.

No contexto desta iniciativa, foi lançada a Maionese Com Baixo Teor de Sal Pingo Doce, com a inclusão de tomilho bela-luz. Esta planta aromática é produzida em modo biológico pela CERCICA – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais, uma instituição de solidariedade social que visa promover a inclusão de cidadãos com necessidades especiais no âmbito do seu projeto de agricultura social.

Promoção da Inclusão Social e Empreendedorismo

Com o objectivo de fomentar o empreendedorismo social e a sustentabilidade financeira das instituições do terceiro sector, o Pingo Doce promove a comercialização de produtos desenvolvidos por instituições que se dedicam ao combate à exclusão social na sociedade portuguesa:

  • Apoiamos, desde 2012, o CEERDL – Centro de Educação Especial Rainha Dona Leonor, uma instituição que presta serviços de ocupação, reabilitação terapêutica, apoio residencial e domiciliário, formação profissional e apoio ao emprego de pessoas com deficiência e com doença mental. Os lírios plantados e colhidos pelos utentes desta cooperativa de solidariedade social são vendidos nas lojas da Companhia;
  • Iniciado em 2013, o apoio ao projecto “Cogumelo Solidário” da AANP – Associação dos Albergues Nocturnos do Porto, faz-se através da venda de cogumelos shitake produzidos em modo biológico. Este projecto visa contribuir para a sustentabilidade financeira dos serviços prestados por esta entidade a pessoas em situação de sem-abrigo, incluindo refeições e bens essenciais de higiene.

Iniciado em 2018 na região de Lisboa, o âmbito geográfico do projecto Mercado Social foi já alargado a lojas Pingo Doce noutras zonas do país. Este projecto pretende apoiar instituições do terceiro sector que tenham produção alimentar própria, disponibilizando-lhes em loja um espaço dedicado à comercialização dos seus produtos, cujo valor da venda reverte na totalidade para as instituições em causa: Mercearia Semear da Associação BIPP, Casa dos Sabores da Casa de Protecção e Amparo de Santo António, CERCICA – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais e delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa.

Com uma parceria em vigor desde 2011, a Biedronka é, desde 2018, o principal patrocinador da Associação Nadzieja Na Mundial (Esperança para o Mundial), que pretende apoiar o desenvolvimento de crianças institucionalizadas através da socialização pelo desporto.

Esta organização promove torneios de futebol com crianças e jovens da Polónia, da Europa e do resto do Mundo em diferentes competições. Além do apoio financeiro que cobre a logística associada ao campeonato polaco e ao campeonato europeu (ou do mundo, consoante o ano), a Biedronka ofereceu fruta e água às crianças que participam nos diferentes campeonatos, assim como prémios para o melhor guarda-redes e o melhor ponta-de-lança.

Promoção da literatura e de hábitos de leitura

Consciente de que a promoção e difusão da literatura infantil funciona como um catalisador do conhecimento, espírito crítico e criatividade junto das gerações mais jovens, o Pingo Doce iniciou, há uma década, o desenvolvimento de livros infantojuvenis a preços acessíveis a todos os orçamentos familiares.

Os Prémios de Literatura Infantil Pingo Doce e Biedronka têm como objectivo incentivar a criatividade literária e artística, premiando obras originais, e democratizar o acesso à leitura numa fase importante do desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças. Quer na Polónia quer em Portugal, os vencedores de cada fase recebem um prémio monetário de 25.000 euros, para além de terem garantida a publicação e venda exclusiva do livro premiado nas lojas Biedronka e Pingo Doce.

Desde as suas primeiras edições, o número total de livros premiados vendidos ascende a cerca de 118.000 em Portugal e 212.000 na Polónia, sendo o valor acumulado dos prémios oferecidos a escritores e ilustradores de 550.000 euros. A edição de 2019 do Piorko foi ainda apadrinhada pelo Provedor da Criança na Polónia.

Para além disso, o Pingo Doce e a Biedronka desenvolvem iniciativas complementares aos prémios, reforçando o seu compromisso de incentivar hábitos de leitura na população mais jovem, de que são exemplos:

  • a campanha “Bando do Bosque”, protagonizada por um conjunto de animais em peluche e um livro infantil com as mesmas personagens, oferecidos aos clientes mediante o rebatimento das suas compras, promove a importância dos hábitos de leitura para o desenvolvimento de competências cognitivas e sociais das crianças. Em parceria com o Plano Nacional de Leitura, por cada livro entregue, 0,50 euros revertem para projectos de consolidação e enriquecimento de práticas de leitura regular e em família na Educação Pré-Escolar e no 1.º ciclo do Ensino Básico, através dos projectos “Leitura em Vai e Vem” e “Já Sei Ler”, respectivamente;
  • a campanha “Ler Leva-nos Mais Longe” compila, em seis volumes, 36 histórias tradicionais infantis, com o objectivo de fomentar a leitura diária das crianças. Por cada livro entregue, foram entregues 0,10 euros para a construção de uma sala de estudo com biblioteca na Casa Acreditar em Lisboa, um espaço que possibilitará às crianças e jovens do IPO a frequência de aulas de recuperação e de estudo, num investimento superior a 98.000 euros;
  • o passatempo Szkolne Przygody Gangu Słodziaków (Aventuras Escolares do Gangue dos Peluches), destinada às escolas primárias polacas, tem como objectivo encorajar a leitura diária e comportamentos de protecção ambiental. As escolas vencedoras recebem livros para as suas bibliotecas, sendo também oferecidos aos professores materiais de ensino para o estímulo da leitura, interpretação e capacidade crítica.