Skip to content
Promovemos a Segurança Alimentar

Investimos na certificação e monitorização dos nossos produtos, instalações e processos, bem como na formação em boas práticas.
  • Partilhar
  • Ouvir

Segurança Alimentar

Zelamos pela qualidade e segurança alimentar que constituem a base do capital de reputação das nossas insígnias e da sustentabilidade das nossas actividades.

As Guidelines de Qualidade e Segurança Alimentar descrevem várias dimensões dos produtos que comercializamos, em linha com as seguintes políticas:

  • Qualidade e Segurança de Produto – que estabelece um sistema de melhoria contínua nos processos de desenvolvimento e monitorização de produtos de Marca Própria e de Perecíveis. A restrição do uso de Organismos Geneticamente Modificados (OGM), de nanotecnologia e substâncias como o bisfenol é, por exemplo, referida;
  • Nutricional – que define 7 pilares no desenvolvimento das Marcas Próprias: perfil nutricional, ingredientes, rotulagem, tamanho das porções, melhoria contínua, comunicação e educação.
  • 01

    Auditorias

    Investimos, certificamos e monitorizamos os nossos processos, instalações e equipamentos.

  • 02

    Análises

    Fazemos análises regulares aos nossos produtos e equipamentos em loja para cumprir as nossas Políticas e os padrões internacionais.

  • 03

    Formação

    Capacitamos os nossos colaboradores para o controlo eficaz da qualidade e segurança dos nossos produtos.

Auditorias e Certificações

Auditamos as nossas lojas e Centros de Distribuição com base em referenciais internacionais na área da Qualidade e Segurança Alimentar.

Foram realizadas mais de 10.180 auditorias a lojas e Centros de Distribuição em 2018, nas quais se incluem auditorias internas, de acompanhamento e externas.

Em 2018 foram renovadas/mantidas as seguintes certificações:

  • Certificação ISO 22000:2005, relativa ao processo de armazenagem e distribuição em todos os 16 Centros de Distribuição, e ao processo de desenvolvimento de produtos na sede da Biedronka;
  • Certificação ISO 9001:2015 quanto ao Desenvolvimento de Marcas Próprias, em Portugal, e Acompanhamento do Produto/Fornecedor após Lançamento;
  • Certificação HACCP segundo o Codex Alimentarius das cozinhas centrais do Pingo Doce de Gaia, Aveiro e Odivelas;
  • Certificação HACCP segundo o Codex Alimentarius de 17 lojas Recheio Cash & Carry;
  • Certificação HACCP, na vertente da Segurança Alimentar com base no Codex Alimentarius dos Centros de Distribuição de Azambuja, Modivas, Alfena e Algoz;
  • Todos os Centros de Distribuição da Polónia renovaram a certificação para manipulação de produtos biológicos, de acordo com o Regulamento CE 834/2007.

Análises a produtos

15.050
Na Polónia
27.110
Em Portugal
8.120
Na Colômbia

Adicionalmente, realizamos análises a superfícies de trabalho, equipamentos e a manipuladores de produtos, e quando aplicável a ar e água, com o objectivo de controlar os riscos microbiológicos.

Recorrendo a laboratórios externos acreditados, em 2018:

  • Na Polónia, realizámos 2.472 análises microbiológicas, um aumento de 127% das análises face a 2017, que se deveu a um alargamento da regularidade e âmbito de análises em loja que passou também a incluir balcões de carne, espremedores de fruta para sumos e fornos para a produção de frango assado;
  • No Pingo Doce, no Recheio e nos respectivos Centros de Distribuição efectuámos mais de 98.338 análises;
  • Na Colômbia, o número deste tipo de análises ascendeu a mais de 9.810, o que representa um aumento de 19% face a 2017, que se explica pelo aumento do número de lojas.

Horas de formação

51.743
Portugal
39.671
Polónia
33.725
Colômbia

Formação

Investimos na capacitação técnica dos nossos colaboradores em Higiene e Segurança Alimentar para garantir um controlo eficaz dos nossos produtos.

Realizámos, em 2018, mais de 125.000 horas de formação sobre segurança alimentar distribuídas por 35.700 colaboradores, um aumento de mais de 12% face a 2017.

Verificação Independente

Os dados referentes às auditorias e análises de produtos e ao número de produtos sem lactose e sem glúten foram verificados por uma entidade externa e independente no âmbito do Relatório e Contas de 2018 do Grupo.