Skip to content
A escolha certa

Procuramos optimizar a utilização do material de embalagem sem nunca comprometer a qualidade e segurança alimentar dos nossos produtos.
  • Partilhar
  • Ouvir

Materiais e Embalagens

É nosso objectivo promover cadeias de abastecimento e práticas de consumo mais sustentáveis, através do conhecimento das origens e dos métodos de produção dos materiais que consumimos, de que são exemplos o plástico e o papel.

Em 2019, e quando comparado com o volume de vendas por 1.000.000 €, o consumo total de materiais do Grupo reduziu-se em 2,9%.

Consumo de Plástico

O Grupo assumiu o compromisso de que todas as embalagens de Marca Própria serão 100% recicláveis até 2025, antecipando em cinco anos o alinhamento com a Estratégia Europeia para os Plásticos. Aderimos também ao New Plastic Economy Global Commitment, que prevê a implementação de vários compromissos até 2025.

Entre estes compromissos está a eliminação de componentes problemáticos, como o PVC, de todas as embalagens de Marca Própria, que terão também de ser reutilizáveis ou recicláveis, devendo incorporar pelo menos 25% de plástico reciclado.

Plásticos de Utilização Única

Em 2018 e 2019, o plástico representou 32% do total de materiais que compõem as quatro categorias de embalagens que definimos: embalagens de Marca Própria, embalagens de serviço, sacos de caixa e filme de paletização.

A nossa estratégia de combate à poluição por plástico passa pelo desenvolvimento de parcerias com os nossos fornecedores, que têm permitido reduzir a utilização de materiais em produtos de Marca Própria ou de os substituir por outros com menor impacto ambiental, nomeadamente:

  • nos cotonetes de Marca Própria, comercializados na Polónia e em Portugal, substituímos os bastões de plástico por bastões de papel certificado. No total, foram evitadas cerca de 330 toneladas de plástico por ano;
  • nas toalhitas de higiene pessoal comercializadas na Biedronka, as fibras de plástico foram substituídas por fibras de algodão. Esta alteração permitiu evitar a utilização de cerca de 220 toneladas de plástico por ano;
  • nas fórmulas de produtos de limpeza, de cuidados da roupa e de higiene pessoal comercializados na Polónia e em Portugal, foram substituídos microplásticos por materiais degradáveis, evitando a utilização de mais de quatro toneladas por ano de microplásticos.

Adicionalmente, e como resultado da preferência dos nossos clientes por soluções reutilizáveis, do aumento da eficiência das nossas operações logísticas e da substituição de alguns plásticos de utilização única por materiais alternativos, o consumo específico de plásticos de utilização única, por milhão de euros, reduziu cerca de 3%.

Consumo de papel

Procuramos não só promover a utilização de papel proveniente de florestas geridas de forma sustentável, mas também reduzir efectivamente o consumo de papel, sendo este o caso dos folhetos promocionais produzidos pelas nossas Companhias.

Adicionalmente, o papel utilizado para os folhetos e catálogos tanto do Pingo Doce como do Recheio contém “Rótulo Ecológico Europeu” ou certificação FSC ou PEFC.

O mesmo acontece para os folhetos que produzimos na Biedronka.

Em Portugal, o papel utilizado na impressão das revistas das nossas insígnias é certificado pelo Programme for the Endorsement of Forest Certification (PEFC) ou pelo Forest Stewardship Council (FSC) e/ou as empresas que o produzem têm a certificação ISO 14001.

Ecodesign de Embalagens

Uma estratégia de sustentabilidade eficaz implica a mudança de práticas internas, mas também um trabalho em parceria com os nossos fornecedores para melhorar o perfil de ecoeficiência das embalagens de Marca Própria, com o objectivo de reduzir o seu impacte ambiental e optimizar os custos de produção, transporte e gestão de resíduos.

Desde 2011 já poupámos cerca de 24.000 toneladas de materiais e evitámos a emissão de quatro mil toneladas de CO2 em transportes, melhorando a ecoeficiência das embalagens em mais de 385 referências de Marca Própria.

Para o período 2018-2020, temos como objectivo implementar, anualmente, em conjunto com os nossos parceiros, pelo menos 20 projectos desta natureza.

Embalagens Reutilizáveis

Procuramos, cada vez mais, reutilizar materiais nas nossas operações. Em Portugal utilizamos caixas plásticas reutilizáveis nas áreas de Perecíveis e de Lacticínios. Já na Colômbia, disponibilizamos caixas de transporte reutilizáveis para água engarrafada e para fruta e legumes. No total, em 2019 evitámos a utilização de quase 22 mil toneladas de embalagens descartáveis.

Os sacos de plástico disponíveis nas caixas de pagamento de todas as nossas Companhias são pagos. Antes mesmo das obrigações legais nesse sentido, desde 2007 que o Grupo foi adoptando progressivamente esta medida como forma de promover a reutilização dos sacos pelos clientes.

Em 2018, o Pingo Doce estabeleceu uma parceria para o lançamento de uma solução inovadora de reenchimento de garrafas de água. Este serviço é disponibilizado através de um dispensador de água canalizada, com filtro purificador. O projecto ECO já chegou a mais de 130 lojas em Portugal e evitou o consumo de cerca de 100 toneladas de plástico.

Vendas a Granel

As vendas a granel na Ara representaram quase 60.000 toneladas de produtos alimentares, sendo uma opção disponível em 539 lojas onde se comercializa pelo menos um dos artigos abrangidos: arroz, açúcar, lentilhas ou feijão.

Na Polónia e em Portugal, todas as lojas da Biedronka e mais de 230 lojas do Pingo Doce disponibilizam frutos secos e doces a granel, representando cerca de 27.000 toneladas na Biedronka e 229 toneladas no Pingo Doce.

Verificação Independente

Os dados referentes às poupanças de materiais decorrentes dos projectos de ecodesign e à pegada de plástico do Grupo foram verificados por uma entidade externa e independente no âmbito do Relatório e Contas de 2019 do Grupo.